P>

terça-feira, agosto 18, 2009

Não espere eu ir embora pra perceber que você me adora


Preciso confesar uma coisa. Bom, na vera não preciso realmente, mas como tenho um blog, vontade de escrever e não muito assunto, resolvi fazer uma confisão. Eu queria saber atirar shurikens. Mas não era pra atirar em qualquer um, não. Nem ia atirar em pessoas, queria atirar em aparelhos de som. Acima de tudo no som do carro do vizinho que mora duas casas pra lá. Bolinhas na descida, se ele quer ouvir musica não tenho nada com isso, mas eu não quero ouvir e, principalmente, não quero ouvir a mesma musica que ele (porque o gosto musical dele é pessimo). Ah, como seria bom destruir o aparelho de som do vizinho...
E não é segredo, principalmente pra quem lê o meu plurk, que faço artesanato. Ultimamente, tenho me dedicado as caixas de madeira e, no atual momento, estou reformando a caixa de costura de Mamãe. O problema é que eu fico tendo pensamentos tragicos sobre como posso me machucar tirando os pregos do fecho da caixa. Fico imaginando que o martelo vai escapar da minha mão e bater na minha testa/boca/nariz, que vou expremer meu dedo com o martelo (realmente, isso eu fiz)...
Agora contando sobre os pensamentos tragicos da caixa de costura, acabei lembrando dos pensamentos que tenho durante as caminhadas. Não é sempre, mas principalmente quando estou passando pelos trechos com terreno mais acidentado, fico pensando que vou cair. Mas não penso simplesmente que vou cair, eu acho que vou cair de boca no chão, cortar o lábio e quebrar os dentes da frente (acho que é trauma da vez em que, realmente, cai de boca no chão, cortei o lábio e quebrei os dentes da frente)... Ou então, que vou cair e sair rolando ladeira abaixo (isso nunca aconteceu)... Tenho de admitir que sou um pouco trágica, às vezes.
Já que esse é um post todo sobre mim (desculpem a falta de modéstia) e que tia Josei já abriu um precedente quando publicou suas recordações pré-MB, resolvi fazer o mesmo e contar a bonita história triste de como resolvi que era hora de procurar um oftalmologista. Foi numa linda noite estrelada de verão, há longínquos 11 anos, Kami Sal acabara de sair de sua aula e esperava Papai ir busca-la (porque os ônibus pra casa terminavam antes das aulas). Eis que eu vejo, do outro lado da rua, um ser baixinho, gordinho, cabelos acinzentados, trajando bermuda e camiseta branca. Não tive duvidas, era Papai. Bom, não é que eu estava errada e o ser que achei que era meu pai mal vestido, era uma velhinha gorda. Mal vestida.
Ainda falando dessa ilustre blogueira, devo admitir que, toda vez que vejo essas reportagens sobre coisas tipicas de brasileiros, me sinto um alien. Sim, porque nessas reportagens todo brasileiro gosta de futebol, carnaval, samba, pagode, feijoada, cerveja, churrasco, café, arroz branco, bife, feijão, Roberto Carlos e roupas curtas, justas e coloridas. E eu odeio futebol, carnaval, samba, pagode, feijoada, cerveja, churrasco, café, arroz branco, bife, feijão, Roberto Carlos e roupas curtas, justas e coloridas. Também me sinto um alien quando dizem que toda mulher gosta de comprar roupas, sapatos e bolsas. Odeio ficar experimentando roupa na loja (mas tem que provar antes de comprar, depois não adianta ficar arrependida), tenho ganas de enforcar aquelas vendedoras chatas que ficam atrás da gente tentando com todas as forças nos convencer que aquela roupa está ótima, que precisamos levar mais umas cinco blusas e duas calças pra combinar (isso quando a gente só tá lá pra comprar um par de luvas). Calçados, só tenho três pares de tênis todos ganhados, sendo que um (o que uso pra caminhar) está tão velho que é um milagre que eu nunca tenha ficado descalça no meio da rua. Sapatos, são apenas dois que minha mãe me fez experimentar com muito custo e como serviram, ganhei também. Sobre comprar bolsas então, melhor nem comentar.
E da série sonhos bizarros da Kami Sal: Estava eu em casa e fui para o quintal, onde encontrei o Summerlee da série Mundo Perdido e um monte de pipas e voando no meio delas, um peixe. Não uma pipa em formato de peixe, e sim um peixe de verdade (parecia uma carpa). E o Summerlee e eu começamos a brincar com o peixe de pegar...
E pra terminar o post, um dialogo em família que aconteceu há algum tempo aqui em casa. Estavamos Stafora, Mamãe e eu assistindo a uma das reprises do Furo Mtv, quando passou uma reportagem sobre amigos de aluguel que ganham uns R$ 200,00 só pra ir a festas ou conversar com algum ser que não tem amigos reais.
Kami Sal: "Ah, vou ser amiga de aluguel."
Stafora: "Você não é amiga nem de graça."
Kami Sal: "Ué? Uma pessoa não pode querer uma amiga sarcástica?"

Image and video hosting by TinyPic


Que me acha foda:

Mokona-sama: É vero...

Marcadores: , , , , ,

Postado por Josei e Kami Sal às 12:25 PM


|

[ As Bizarras ]



Photobucket























PhotobucketPhotobucket

[ Estamos... ]

The current mood of mundobizarro at www.imood.com

[ Já passou... ]

Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Janeiro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Janeiro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Julho 2012
Agosto 2012
Setembro 2012
Outubro 2012
Novembro 2012
Dezembro 2012
Janeiro 2013
Fevereiro 2013
Março 2013
Abril 2013
Maio 2013
Junho 2013
Julho 2013
Agosto 2013
Setembro 2013
Outubro 2013
Novembro 2013
Dezembro 2013
Janeiro 2014
Fevereiro 2014
Março 2014
Abril 2014
Maio 2014
Junho 2014
Julho 2014
Agosto 2014
Setembro 2014
Outubro 2014
Novembro 2014
Janeiro 2015
Fevereiro 2015
Abril 2015
Junho 2015
Setembro 2015
Outubro 2015
Dezembro 2015
Janeiro 2016
Agosto 2016

[ Em uma linha ]

Photobucket Photobucket

[ Musica ]

Photobucket
Blip Josei

Photobucket
Blip Kami Sal

[ Blogs favoritos ]

Muito Macho
Baiacus Cantores de Piraporinha
Encontre o peixe
Sentimentos Verdadeiros
Um Mundo Sem Noção
ISAC
Leis de Murphy
Ninguém lê esta porcaria
BHQ+
Orijinaru
Sorvete Napolitano
**Luty Kitty** Nyu!!
Tipo assim...
Miss Mymi
Frivolidades e Inutilidades
Coma Com Os Olhos
Gatos na Cozinha
Ponto de Fuga
Não bata no gatinho
Satisfeita Yolanda
Sócia da Light
Menina não pode
Receita Perfeita
Pitadinha
Gavilan

[ Flogs favoritos ]

Mundo Bizarro - o flog.
Picolé Napolitano
Flog da Luty
Toscosplay
Deviant Art
Mafia
Baby Mel
Pet Club

[ Sites ]

Mundo Bizarro no Orkut
SOS Anime
Sonando com KareKano
Shampoo.art.br
Henshin
Tomobiki-cho, The Urusei Yatsura Web Site
Friends the Stuff you've never seen
Central de Mangás
Um sábado qualquer
Lady's Comics
Manga Dream
Tsumi
Redisu
Anime Kawaii
Hinata Sou
Anime House
Anime Extremist
Shoujo House
Kawaii Screen
Neopets
AMV.org
Gendou
O Jovem Nerd
Nigthtsy
Anime Lyrics
LiveJournal Furuba
FanFiction.Net
FF-SOL
Click Jogos
Anime Blade
Anime Pró

Snoopy
Madame Malkins

Eu sou blogólatra!








[ Marcadores ]

"real e o sobrenatural"
acidente tosco
animais
anime
aniversário
apartamento
artesanato
banco
barata
biscuit
bizarrice
bizarrice IVCH
blogueira desaparecida
bonita história triste
campus reserva ecologica
Caramelo
Carnaval
carro
celular
Charlie Brown
churrasco
chuva
chácara
cinema
coisas que não entendo
comemoração
computador
culinária
desabafo
dialogo em família
dialogo
diálogo em família
divagações
doente
emo
especial de aniversário
estágio
faculdade
família
feriado
festa
flog
formatura
frase da semana
férias
gata
Gata-Vaquinha
gatos
gente chata
greve
hidroginástica
horário de verão
inseto
insonia
IVCH
jornalismo Mundo Bizarro
kit
Lady Murphy
lagartixa
leseira
livros
lost
Mamãe-Gata
mangás
máquinas
mimimi
música
nada
Natal
nerdice
neura
ônibus
Otaku Fest
outono
paranóia
pesadelo
pessoas estranhas
ponto de ônibus
presente
Quem procura acha aqui - ou não
reflexões inúteis
sonho
shopping
Sorveteria
SOS Anime
susto
televisão
template
teste
trabalho
trauma de infância
tristeza
vaidade
vergonha alheia
viagem

[ Campanhas ]

Adotar é tudo de bom

[ Midi ]

Você está ouvindo

I'll be there for you

[ ... ]



eXTReMe Tracker

Template by Kami Sal
Todos os direitos
reservados

Free Avatars
Free Avatars
Free Avatars
Free Avatars
Free Avatars
Photobucket
Blinkie Maker
Make your own Blinkie

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket