P>

sexta-feira, setembro 28, 2012

Sexta de livros Para de ser covarde ou pode ser tarde demais


Photobucket Difícil escrever sobre o livro de hoje, porque é um best seller, já virou filme (que eu assisti só bem depois de ter lido o livro), então o risco de eu errar em algum detalhe e ser pega é grande, mas vamos lá.
Photobucket Em "O caçador de pipas", de Khaled Hosseini, conhecemos dois garotos afegãos, Amir, um garoto rico, órfão de mãe e criado pelo pai, e Hassan, um garoto de casta inferior, filho do empregado do pai de Amir. Os dois são amigos, apesar de Amir se recusar a chamá-lo assim, pela diferença social.
Photobucket Hassan é extremamente leal a Amir e sempre o livra dos valentões, já que Amir é um tanto covarde. Quando Amir tem, finalmente, a chance de retribuir os gestos de Hassan, livrando-o de uma situação perigosa, ele prefere se omitir. O ocorrido a Hassan (leia o livro) distancia os meninos e faz com que Amir tenha uma atitude ainda mais covarde para não dizer que ele foi um grandessíssimo fdp (leia o livro).
Photobucket Amir e o pai saem do Afeganistão fugindo do novo regime soviético, o tempo passa, o tempo voa, e Amir não consegue se livrar da culpa por ter traído seu amigo. Anos mais tarde, já adulto, bem sucedido e morando nos Estados Unidos, ele recebe um telefonema de alguém do seu passado e tem a chance de se redimir, fazendo algo por Hassan. Conseguirá nosso covarde herói livrar-se da culpa? Só lendo o livro...
Photobucket Não sou muito de ler best sellers, porque tenho medo de me decepcionar, mas este realmente, é muito bonito. O filme até que é fiel ao livro, mas deixou de lado o trecho mais barra pesada. Melhor assim.

Photobucket

Postado por Josei e Kami Sal às 10:30 AM


|

quarta-feira, setembro 26, 2012

Neblina e ventos chuvosos da primavera são minha única companhia no crepúsculo
É, pois é... A primavera chegou e essas sempre tão atentas blogueiras nem se atentaram ao fato.
Mas não se desesperem, nossa desatenção tem motivo. Junto com a primavera chegou a cidade uma frente fria que tornou irreconhecivel a tão popular estação florida.
Mesmo com atraso estamos inaugurando nosso fantastico template primaveril.
Divirtam-se.
Photobucket

Marcadores: ,

Postado por Josei e Kami Sal às 7:13 PM


|

segunda-feira, setembro 24, 2012

Estou ficando velho e acabado


Photobucket Meu fim de semana foi tão nostálgico... No sábado, fui ao campus reserva ecológica, assistir a uma palestra. Mil coisas passaram na minha cabeça, sobre o passado e o presente. Fazia uns 2 anos que eu não ia lá, e agora muita coisa está diferente, muitas reformas e talz. Na palestra, eu tive a sensação de que estou ficando velha: eu fiquei incomodada porque a garota do meu lado passou o tempo todo no Facebook pelo celular. Achei uma baita falta de respeito com a palestrante... Se eu fosse palestrante, recolheria todos os celulares antes da palestra e só devolveria no fim. Estou muito errada? Sou antiquada?
Photobucket No domingo, teve evento de anime. Na verdade, teve evento o fim de semana inteiro, mas eu já estou velha (segunda vez que digo isto no post, notem) e não aguento mais ficar 2 dias inteiros em um evento. Foi divertido passar a tarde reunida com o "kit", encontrar os otakus da velha guarda. Assistir a um anime no telão me trouxe aquele sentimento nostálgico dos domingos de exibição.
Photobucket E a segunda começou uma caca e eu queria entrar no DeLorean e voltar alguns anos. Para ajudar, saí 5 minutinhos do trabalho para comprar passe de ônibus e tomei um chuvão, que parou assim que eu já estava de volta à minha salinha, encharcada e com frio.
Photobucket Eu sou muito paranoica com estas coisas de infração de trânsito. É uma coisa meio idiota, porque eu respeito as leis e talz, mas eu tenho medo. No sábado, por exemplo, quando eu virei uma esquina, vi um policial escrevendo alguma coisa e achei que ele estava me multando. Mais tarde e no domingo, carros de polícia passaram por mim, eu achei que iam me parar e me multar. E eu nem estava fazendo nada errado!!! Mas eu sou louca assim mesmo, neste tanto.
Photobucket Além de louca, minha memória está péssima, nível Dory, mesmo. Uma encomenda minha chegou enquanto eu fazia as unhas e meu pai colocou no braço do sofá, do meu lado. Olhei para o pacote e continuei o que estava fazendo. Quando acabei, deitei no sofá e senti um plástico atrás de mim. Pensei "nossa, o que será isto?" Olhei e vi o pacote. Depois, saí para beber água e, na volta, vi o pacote no sofá e me perguntei o que era aquilo. E pior: fiz isto mais uma vez!!! Para não fundir de vez meu cerebrinho, resolvi levar o pacote embora para o quarto e abri-lo. Caso encerrado, mas acho que isto não é normal, não...

Photobucket

Marcadores: , , , , , ,

Postado por Josei e Kami Sal às 8:58 PM


|

quinta-feira, setembro 20, 2012

Porque nós estamos vivendo em um mundo de tolos


Photobucket Olá, miguxos!!! Posso fazer um pedido muito especial para vocês? Da próxima vez que eu disser que vou voltar a estudar, por favor, acertem a minha cabeça com um taco de baseball? Muito obrigada. Photobucket
Photobucket Sabe o que é? Passei o feriado, o sábado, e meu dia de folga na segunda fazendo TCC. E não terminei. Só pulei o domingo porque estava num aniversário, curtindo um Molejão (oi, anos 90!) e me divertindo muito, só que não. Lembrando que é minha segunda pós e eu nem sei porque raios fiz nem a primeira. Já contei que meu cargo, com o qual estou muito satisfeita, só exige nível médio? Pois é, eu sou imbecil. Só isto explica. Agora, já terminei o trabalho, mandei para a desorientadora por e-mail e ela nem respondeu.
Photobucket Por falar em ser imbecil, eu sonhei que, 2 anos depois de ter tirado carta, o Detran decidiu que me habilitar foi um erro e que eu devia voltar para a autoescola. Acordei ansiosa, peguei o carro e fui para o Grande Mercado do Sorriso Amarelo, com minha mãe e meu irmão. Chego no estacionamento, paro o carro e começo a dizer "eu não sei estacionar, eu não vou conseguir, eu sonhei que ia perder a carta". Minha mãe acha um tremendo absurdo e diz que eu estou careca de estacionar lá. Acho uma vaga e estaciono. Fim. Se isto não é ser imbecil, o que mais pode ser? tô aprendendo também (parabéns se você cantarolou isto como o Rogério Flausino)
Photobucket Pinkinininha fez arte numa das madrugadas do fim de semana prolongado. Eu coloquei uma bacia de água do lado da cama, para umidificar o ar, enquanto não comprava o umidificador. Aí, Pinkinininha estava dormindo na minha cama e, em vez de descer pelo lado onde ela estava, ela resolveu fazer um tour em volta da minha cabeça, subir no criado-mudo e pular. Nisto, ela errou o pulo e caiu dentro da bacia. Eu tava tão sonada que só fui ver se ela estava muito encharcada quando ela já estava seca e só fui rir da façanha na manhã seguinte.
Photobucket O que é Lady Murphy na vida da pessoa: tem um dia horrível no trabalho; vai comprar uma coisa que está querendo há dias e a coisa está esgotada; sua encomenda é acusada como entregue, mas, misteriosamente, não foi recebida. Tudo isto salpicados com flocos crocantes de irritação na garganta e dor de cabeça. Como diria o Muso: "it´s my life".

Photobucket

Marcadores: , , , , ,

Postado por Josei e Kami Sal às 10:04 PM


|

sexta-feira, setembro 14, 2012

Sexta de livros
Parece até que vermelho é azul


O livro dessa sexta é O Fabuloso Maurício e seus Roedores Letrados, de Terry Pratchett e faz parte da série Discworld, mas não se preocupe, você não precisa ler nenhum dos outros para entender a estória. É só ter em mente que no mundo de Discworld coisas fantasticas acontecem.
Tudo começa no dia em que Maurício percebe que existe, que é um ser pensante e, além de ser capaz de pensar, ele é muito inteligente. Um dia ele encontra o garoto com cara de bobo que sabe tocar flauta e concebe o plano: eles irão de cidade em cidade, o garoto com cara de bobo tocará sua flauta e a infestação de ratos terá fim. Claro, para garantir o sucesso do plano, Maurício convence seus amigos ratos a invadirem a cidade e apavorar a população. Não é dificil, porque os ratos são inteligentes e precisam de dinheiro para comprar uma ilha e fundar seu próprio país. O garoto com cara de bobo também aceita porque precisa de dinheiro para sobreviver. Ah, talvez seja interessante avisá-los de que Maurício é um gato falante.
E ho plano elaborado por Maurício é um sucesso, até que eles chegam numa cidade muito estranha. Lá há uma infestação de ratos real e os caçadores de ratos tem leis assustadoras, organizam rinhas de ratos e há algo assustador e cruel escondido nos esgostos da cidade...
E assim para salvar sua pele, a de seus companheiros roedores, Maurício, o garoto com cara de bobo e os ratos se unem a esperta e criativa Malícia para descobrir o que há de errado com a cidade, acabar com a verdadeira praga de ratos e ainda sair com algum lucro.
O mais interessante, é que apesar de ter herdado caracteristicas humanas como falar e pensar, a gente nunca esquece que Maurício é um gato porque ele tem uma personalidade felina. E esse, na minha opinião, é um dos pontos altos do livro: ele não é um gato humanizado, é um gato que sabe falar.

Photobucket

Marcadores:

Postado por Josei e Kami Sal às 9:57 AM


|

sexta-feira, setembro 07, 2012

Eu falo muito mesmo sem saber o que estou falando


Photobucket Já falei num post que, às vezes, eu falo demais. Falo o que não devia. Para quem não devia. Eu li um livro que algum dia entre hoje e o dia em que o Brasil estiver preparado para a Copa estará na Sexta de Livros, em que a protagonista é como eu. Mas eu tenho dois agravantes: 1)ela fala porque acha que está prestes a morrer num desastre aéreo e por isto nada do que eu disser vai ter consequência, eu não estou nesta situação. 2)eu sei exatamente quem é a pessoa para quem eu estou falando e que eu não devia falar certas coisas, ao contrário dela, que fala na inocência. Mas eu falo, porque eu passei muitas vezes na fila do sarcasmo e acabei perdendo a distribuição de noção.
Photobucket E vocês sabem como é minha vida. Acontecem umas coisas que só em filme ou série de comédia. Quando eu conto, eu fico pensando se as pessoas acreditam ou acham que eu sou uma grande mentirosa. Mas, vejam bem, olha só o que me aconteceu dia destes, quase no portão de casa: eu senti alguma coisa caindo em mim, do nada e era um ovinho um pouco menor do que um ovo de codorna. Achei estranho, entrei em casa e fui cuidar da minha vida. Umas 2 horas depois, eu ouço um barulhinho e noto que meu brinco não está na orelha. Achei a tarrachinha no chão do quarto, mas não o brinco. Andei pela casa e nada do brinco. Mais meia hora depois e eu tenho uma intuição de que o brinco estava na calçada. Saí e ele estava ao lado do ovinho.
Photobucket Aí, ontem eu estava olhando esmaltes, uma mulher se aproxima de mim com 2 esmaltes vermelhos de tons diferentes e pergunta "qual destes esmaltes é mais vermelho periguete?" Peguei os 2, analisei como especialista (em esmaltes, não em periguetismo) e escolhi um. Ela explicou que foi a filha dela que pediu um esmalte vermelho bem periguete.
Photobucket Neste ano, eu fui à Parada da Diversidade. Eu fui a quase todas, menos no ano passado, porque eu estava em um aniversário. Antes da parada, no mesmo lugar, teve um encontro de tropeiros. Aí, vejo peões em seus cavalos de um lado e drag queens de outro, o que meu cérebro faz? Junta as duas cenas e começa a tocar, na minha cabeça, "Cowboy viado". Eu queria ter visto o show das drag cover da Beyoncé e das empreguetes, mas já era meio tarde, eu estava cansada e ainda tinha que ir trabalhar na segunda, por isto, eu tinha que descansar.
Photobucket Na Parada, tinha um grupo de jovens religiosos distribuindo "abraço grátis". Eu entrei em pânico. Eu sou gentofóbica, não gosto nem de falar com estranhos, quanto mais abraçar... Fiquei fugindo deles, o que nem foi tão difícil, visto que eu era só uma em uma multidão de 40.000 pessoas.
Photobucket Eu sou antissocial, como vocês sabem e, se não sabiam, descobriram no meu parágrafo anterior. Meu celular toca coisa de umas 2 vezes por mês. Sério. Numa tarde destas, ele tocou 4 vezes em menos de meia hora. O que acontece com o celular de uma antissocial quando ele resolve tocar mais do que o normal? Pane. Começou a tocar sem ter chamada. Eu desliguei. Ele tocou desligado. Voltei a ligar e ele deu sinal de mensagem sem ter mensagem. Pobre celularzinho...

Photobucket

Marcadores: , , , ,

Postado por Josei e Kami Sal às 10:18 AM


|

segunda-feira, setembro 03, 2012

Já não sei se vivi dez mil dias ou um dia dez mil vezes


Por que será que sempre tudo tem de ser tão complicado? Por que as coisas não podem dar certo? Por que não pode tudo correr como planejado? Por que tudo tem de ser tão estresante? E por que raios não tem um botão de reiniciar fase na vida real??? É pedir muito um botão de restart level?
A pior coisa é ficar revoltado contra algo que você não pode mudar. Porque se você pode fazer alguma coisa, sempre pode se jogar a culpa em sua própria inércia e se sentir melhor sabendo que sua situação é culpa de sua preguiça e não das forças cósmicas que comandam o universo e ou não estão nem aí pra você ou acham divertido ver você se ferrar. É claro que se o seu problema envolve o DNA ele se encaixa na categoria forças cosmicas.
Agora vamos a coisas mais felizes, pelo menos para mim: comprei um carro. Eh!!! Agora só falta aprender a dirigir de novo. Mas já estamos trabalhando nisso. Com orgulho, posso dizer que já aprendi a não bater em carros que custam mais do que um rim, um figado e dois pulmões juntos. Alias, depois de três aulas de umas duas horas cada, ainda não dei nenhum batidinha no carro. Bom, né? Sinto falta de algo que personalize o carro...
Ademais, estou fazendo noivinhos de biscuit de novo. Será que teria sucesso se montasse um negócio próprio? Sempre me pergunto isso...

Photobucket


Respostas aos comentários:

Mokona-sama: Hum, mas que tipo de livro? Também gosto de microondas...

Stafora-ni: Realmente um ótimo livro. Tem razão, qualquer coisa que não termine num incendio de proporções épicas, é uma coisa boa.

Marcadores: ,

Postado por Josei e Kami Sal às 11:06 AM


|

sábado, setembro 01, 2012

Não importa quem está certo ou errado, apenas caia fora


E não é que já estamos em setembro... Como meu irmão diz, o mês terminou em bro, já é Natal.
Mas, enquanto o Natal não chega de verdade, nossas dollzinhas se preparam para a festa, sentadinhas no salão de beleza. E a midi nos dá o melhor conselho que uma musica já deu em toda a história do mundo Beat It, do Micheal Jackson!
Divirtam-se.

Photobucket

Marcadores:

Postado por Josei e Kami Sal às 11:26 AM


|

[ As Bizarras ]



Photobucket























PhotobucketPhotobucket

[ Estamos... ]

The current mood of mundobizarro at www.imood.com

[ Já passou... ]

Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Janeiro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Janeiro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Julho 2012
Agosto 2012
Setembro 2012
Outubro 2012
Novembro 2012
Dezembro 2012
Janeiro 2013
Fevereiro 2013
Março 2013
Abril 2013
Maio 2013
Junho 2013
Julho 2013
Agosto 2013
Setembro 2013
Outubro 2013
Novembro 2013
Dezembro 2013
Janeiro 2014
Fevereiro 2014
Março 2014
Abril 2014
Maio 2014
Junho 2014
Julho 2014
Agosto 2014
Setembro 2014
Outubro 2014
Novembro 2014
Janeiro 2015
Fevereiro 2015
Abril 2015
Junho 2015
Setembro 2015
Outubro 2015
Dezembro 2015
Janeiro 2016
Agosto 2016

[ Em uma linha ]

Photobucket Photobucket

[ Musica ]

Photobucket
Blip Josei

Photobucket
Blip Kami Sal

[ Blogs favoritos ]

Muito Macho
Baiacus Cantores de Piraporinha
Encontre o peixe
Sentimentos Verdadeiros
Um Mundo Sem Noção
ISAC
Leis de Murphy
Ninguém lê esta porcaria
BHQ+
Orijinaru
Sorvete Napolitano
**Luty Kitty** Nyu!!
Tipo assim...
Miss Mymi
Frivolidades e Inutilidades
Coma Com Os Olhos
Gatos na Cozinha
Ponto de Fuga
Não bata no gatinho
Satisfeita Yolanda
Sócia da Light
Menina não pode
Receita Perfeita
Pitadinha
Gavilan

[ Flogs favoritos ]

Mundo Bizarro - o flog.
Picolé Napolitano
Flog da Luty
Toscosplay
Deviant Art
Mafia
Baby Mel
Pet Club

[ Sites ]

Mundo Bizarro no Orkut
SOS Anime
Sonando com KareKano
Shampoo.art.br
Henshin
Tomobiki-cho, The Urusei Yatsura Web Site
Friends the Stuff you've never seen
Central de Mangás
Um sábado qualquer
Lady's Comics
Manga Dream
Tsumi
Redisu
Anime Kawaii
Hinata Sou
Anime House
Anime Extremist
Shoujo House
Kawaii Screen
Neopets
AMV.org
Gendou
O Jovem Nerd
Nigthtsy
Anime Lyrics
LiveJournal Furuba
FanFiction.Net
FF-SOL
Click Jogos
Anime Blade
Anime Pró

Snoopy
Madame Malkins

Eu sou blogólatra!








[ Marcadores ]

"real e o sobrenatural"
acidente tosco
animais
anime
aniversário
apartamento
artesanato
banco
barata
biscuit
bizarrice
bizarrice IVCH
blogueira desaparecida
bonita história triste
campus reserva ecologica
Caramelo
Carnaval
carro
celular
Charlie Brown
churrasco
chuva
chácara
cinema
coisas que não entendo
comemoração
computador
culinária
desabafo
dialogo em família
dialogo
diálogo em família
divagações
doente
emo
especial de aniversário
estágio
faculdade
família
feriado
festa
flog
formatura
frase da semana
férias
gata
Gata-Vaquinha
gatos
gente chata
greve
hidroginástica
horário de verão
inseto
insonia
IVCH
jornalismo Mundo Bizarro
kit
Lady Murphy
lagartixa
leseira
livros
lost
Mamãe-Gata
mangás
máquinas
mimimi
música
nada
Natal
nerdice
neura
ônibus
Otaku Fest
outono
paranóia
pesadelo
pessoas estranhas
ponto de ônibus
presente
Quem procura acha aqui - ou não
reflexões inúteis
sonho
shopping
Sorveteria
SOS Anime
susto
televisão
template
teste
trabalho
trauma de infância
tristeza
vaidade
vergonha alheia
viagem

[ Campanhas ]

Adotar é tudo de bom

[ Midi ]

Você está ouvindo

I'll be there for you

[ ... ]



eXTReMe Tracker

Template by Kami Sal
Todos os direitos
reservados

Free Avatars
Free Avatars
Free Avatars
Free Avatars
Free Avatars
Photobucket
Blinkie Maker
Make your own Blinkie

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket